Seja um associado e aproveite o ano inteiro sem pagar mensalidades!

“O Que é Água Termal?

Uma água subterrânea, enriquecida por minerais contidos em rochas e que emergem à superfície em forma de fontes com temperaturas elevadas. Tudo começa com chuvas que vão se acumulando no subsolo e passam anos longe da luz solar e superfície terrestre, desta maneira ela é livre de bactérias e micro organismos em geral. Quando volta à superfície a água está com maior concentração de elementos como cálcio, magnésio, zinco, ferro e outros.

A água subterrânea pode ser aquecida por uma “caldeira geotérmica”, ou seja, energia geotérmica. Em geral, a temperatura das rochas na crosta aumenta com a profundidade, principalmente por causa da pressão ambiente, o que é conhecido como “gradiente geotérmico” e a água subterrânea aquece em contato com rochas quentes.

Como Foi Descoberto?

Tudo começa na cidade de Avène na França, de forma casual e precisamente em 1736 um cavalo com lesões sérias e intensas no corpo foi solto na região, após acharem o animal perceberam que o mesmo estava totalmente curado, como o fato era no mínimo intrigante resolveram investigar mais o acontecido, o cavalo enquanto livre tomou banho em um lago próximo a cidade. Mas seria esse lago, fonte de água termal, responsável pela cura das feridas do bicho? No que a época permitia, foram feitos estudos e testes, e sim, a água termal era capaz de curar. Dez anos depois estava pronta a estação de Água termal de Avène.

Em 1826, as termas foram recomendadas por grandes nomes da dermacologia, como Jean-Louis Alibert. Quase meio século depois, a fama das propriedades curativas daquela água termal começou a ganhar o mundo, quando em 1871, grande quantidades foram enviadas a cidade de Chicago para auxiliar no tratamento das queimaduras mais graves das vítimas de um grande e trágico incêndio que ocorreu na cidade americana. Pouco depois, em 1874, com base em muitos estudos e provas científicas, as termas Avène foram consideradas pelo presidente da República Francesa como de “Interesse Público”, vindo desta forma, reforçar a qualidade das propriedades dermatológicas daquelas águas. Em 1981 decidiram utilizar a água termal de Avéne para fins dermatológicos. Foi então que surgiram os produtos de cuidados dermatológicos EAU THERMALE AVÈNE.

  

Já na La Roche-Posay, a pequena cidade na região de Vienne, também situada na França, mas precisamente localizada nas fronteiras de Berry, Touraine e Poitou, possui uma fonte de água muito rica em selênio, um oligoelemento de inúmeros benefícios terapêuticos e dermatológicos. Conta-se que, na Idade Média, o cavaleiro Bertrand Du Guesclin parou perto da fonte para deixar seu cavalo beber água e para saciar sua própria sede também. O cavalo, que sofria de eczema, entrou na água e saiu curado. No século 17, Pierre Milon, médico de Luis XIII, foi a La Roche-Posay analisar a água pela primeira vez. A recém fundada Académie des Sciences enviou pesquisadores ao local em 1670.

As fontes termais da La Roche-Posay foram reconhecidas de utilidade pública pela Academia de Medicina da França, em 1869. Já em 1904, foi inaugurado o primeiro Centro Termal e em 1913 a Academia de Medicina da França declarou oficialmente o Spa La Roche-Posay como Estação Hidrotermal. Rapidamente a fama do Spa termal se espalhou pela Europa. Assim o LA ROCHE-POSAY LABORATOIRE PHARMACEUTIQUE foi criado em 1928 pelo farmacêutico Rene Levayer, com o objetivo de democratizar os benefícios da água termal, uma das únicas águas termais que tem atividade biológica. Calmante, suavizante e antiinflamatória, com propriedades anti-radicais livres, a Água Termal auxiliava no tratamento de certas afecções inflamatórias graves da pele quando usada como complemento terapêutico.

Bem mais tarde, em 1931, o cosmetologista Georges Guérin, presidente da Parfums Grenoville, sofreu uma queda e tratou os machucados com abluções, tratamentos a base de banhos, na água de Vichy, estância termal localizada no centro da França, perto de Clermont-Ferrand, na região da Auvergne, seguindo recomendações do Doutor Haller, médico e diretor do centro termal de Cichy Thermal Establishment. Surpreso pela rapidez de cicatrização de uma ferida em seu pulso se deu conta das propriedades excepcionalmente tranqüilizantes da água de Vichy, reconhecida pela comunidade médica por suas propriedades terapêuticas desde o século XVII, notavelmente pela sua capacidade de estimular os mecanismos de defesa natural do organismo da pele. Rica por conter 17 minerais e 13 oligoelementos, a fonte de São Lucas tem a mais alta concentração de minerais dentre todas as águas de Vichy. Foi então que Guérin, contando com a ajuda do Doutor Haller, se tornou o primeiro a criar fórmulas distintas para uma linha de cosméticos destinados a diferentes tipos de pele tendo como principal ingrediente a água das termais da Fonte de São Lucas. Essa água termal era reconhecida por suas propriedades calmantes, anti-irritantes, estimulantes das defesas naturais da pele e da tolerância cutânea. Era o surgimento dos laboratórios Vichy.

  

Assim nasce também as três marcas mais famosas que comercializam água termal no mundo.

Quais as Finalidades do Uso da Água Termal?

Na Europa começou a ser muito usada e comercializada, principalmente na forma de banhos nos locais onde elas emergem, chamado tratamento de terapia balneária e que já foi indicado para tratar diversas doenças.

Em relação à pele, acredita-se que as águas termais beneficiam desde quem teve queimaduras de sol até quem tem problemas mais sérios como eczemas, psoríase e rosácea, já que unem uma função cicatrizante à hidratação. O uso constante de água termal ajude a manter a elasticidade, flexibilidade e maciez da pele, tendo, portanto ação rejuvenescedora. Ao repor à pele os minerais que poderiam estar insuficientes, as águas termais não só nutrem e hidratam a pele como ajudam a manter a barreira e sua a função protetora, contra agentes agressores como a poluição.

Confira o uso no dia a dia:

Em substituição aos tônicos comuns, de manhã e a noite após a limpeza;

Em lugares onde a umidade é baixa, como aviões e ar condicionado;

Após o barbear, para acalmar a pele;  

Nas alergias, irritações e pele ferida;

Diluir base, molhar pinceis e outros relacionados à maquiagem;

Pós peeling e outros procedimentos;

Quando está fazendo uso de ácidos, pela manha retira o produto e borrifa a água para normalizar possíveis vermelhidões e descamação;

Pós depilação;

Para refrescar, muitos gostam de colocar na geladeira;

Gelada ela fecha os poros temporariamente;

Ajuda na hidratação da superfície da pele;

Proteção contra radicais livres;

Anti envelhecimento (elasticidade, flexibilidade e maciez da pele);

Anti inflamatório;

Cicatrizante;

Fixa a maquiagem;

Controla a oleosidade;

Para assaduras e trocas de fralda;

Em lugares quentes como praia e clubes para acalmar e equilibrar;

Pós sol;

Para minimizar os sintomas gerais de peles reativas e sensíveis;

Queimaduras solares, a eczemas, psoríase e rosácea.

Todas as Águas Termais São Iguais?

Não, da Avéne são consideradas as que têm a composição mineral mais balanceada que conferi excelente hidratação à pele e ajuda de maneira mais eficaz as peles sensíveis, da La Roche-Posay é muito rica em selênio, um agente anti-inflamatório e antioxidante que combate o envelhecimento, da Vichy é rica em bicarbonato que a deixar a pele mais macia, além de ser mais ácida que as demais, ajudando assim a controlar a oleosidade.

  

Está comparação é apenas das três mais vendidas, mas existem muitas outras fontes de água termal, na verdade a Terra é rica dessas fontes, cada uma com suas propriedades especificas, mas todos ricas em minerais e muito parecidas entre si.

Lembrando também que essas três marcas possuem na formulação da maioria de seus produtos água termal. A empresa brasileira ADA TINA também possui água termal em sua gama de produtos, porém não a comercializa pura.

Águas Termais do Brasil:

No Brasil, existem fontes de águas termais, sobretudo na região de Caldas Novas, em Goiás. Em São Paulo, as mais importantes são as fontes de Águas de São Pedro e de Ibirá. Mesmo tendo uma boa quantidade de fontes disponíveis, o país tem apenas uma marca de água termal, a Águas de São Pedro, que já envasa e comercializa o seu produto desde 2002. A água termal brasileira é uma das mais alcalinas e sulfurosas do mundo, o que a torna ideal justamente para o tipo de pele que é mais comum no Brasil: a oleosa.